Alergia e Imunologia - Alergista

É a especialidade da Medicina que visa o diagnóstico e o tratamento das doenças alérgicas.

Atualmente esta especialidade Alergologia recebeu denominação oficial de Alergia e Imunologia, uma vez que para o seu exercício, o médico especialista deve estar treinado não somente no tratamento das doenças alérgicas, mas deve também possuir profundo conhecimento do funcionamento do sistema imune, bem como estar qualificado para o diagnóstico e o tratamento de todas as suas alterações.

O especialista

O alergista atua em casos em casos de doenças alérgicas, asma, as deficiências imunológicas congênitas, as doenças auto-imunes e, até mesmo, a AIDS. E ao contrário do resfriado comum, uma doença alérgica não é uma condição passageira, pela qual a pessoa passará incólume. Os estudos mostram que os pacientes em acompanhamento com um alergologista/imunologista também apresentam menor necessidade de procurar atendimento em pronto socorro, além de terem maior capacidade de lidar com sua doença alérgica, no dia-a-dia.

O médico alergista aprende a avaliar o quadro clínico do paciente e entender os mecanismos das doenças alérgicas. Dessa forma, ele pode diagnosticar precisamente cada caso, com base em seu conhecimento teórico e prático.

Em que atua o alergista?

  • Conhecer o histórico de alergia do paciente e realizar exames físicos;
  • Solicitar e interpretar exames laboratoriais relacionados à sua área;
  • Realizar testes cutâneos e de contato;
  • Testar possíveis causadores de doenças alérgicas e imunológicas;
  • Prestar aconselhamento quanto a alérgenos e irritantes;
  • Avaliar testes de função pulmonar e de marcadores inflamatórios;
  • Realizar imunoterapia específica com alérgenos e venenos;
  • Conduzir tratamento farmacológico de transtornos alérgicos;
  • Procurar meios para reduzir a exposição do paciente a alérgenos;
  • Realizar terapia imunomoduladora;
  • Conduzir a dessensibilização a medicamentos e alimentos;
  • Educar pacientes, cuidadores e médicos de atendimento primário aos pacientes alérgicos.
Compartilhe!

CLIQUE NO BOTÃO E AGENDE  A SUA CONSULTA OU TIRE UMA DÚVIDA